terça-feira, 12 de maio de 2009





PARA NOSSA REFLEXÃO.....

Recentemente conversando com um amigo e irmão, ele comentou da tristeza que invadiu seu coração ao ouvir do seu pai a expressão: Tanto que batalhei na obra do Senhor, e hoje já não se lembram mais de mim, ninguém vem me visitar. Seu pai hoje se encontra com 90 e poucos anos, mas quando jovem dedicou parte da sua vida em prol da obra, pastoreando igrejas.

Quando ouvi essa história resolvi publicar estas poucas linhas para trazer a lembrança do público cristão que não podemos permanecer indiferente com os fatos que ocorrem em nosso meio.

Hoje desfrutamos de templos luxuosos, climatizados, bem localizados, alguns até mesmo em avenidas principais, porém, nem sempre foi assim.

Não podemos agir como se tudo isso tivesse surgido do nada, é, Deus realmente tem abençoado a nossa igreja, devemos nos lembrar porém, que alguém antes de nós, dedicou parte de sua vida ou até mesmo toda a sua vida para que hoje eu e você pudéssemos estar desfrutando dessa comodidade.

Virar a página, e agir como se estivéssemos lendo um livro, e se esquecer daqueles que como tratores de esteira plainaram o terreno arrancaram os tocos, é omissão. Como estamos cuidando dos nossos desbravadores? Todos já deixaram seu legado, eu particularmente comecei agora ainda tenho muito a percorrer, peço a Deus que nunca venha a ser presunçoso ao ponto de esquecer o que esses homens de Deus fizeram pela noiva do cordeiro.

Termino lembrando que todos os nossos feitos estão escritos nas crônicas do Todo Poderoso, e, é Ele que a de recompensar os “grandes” e os pequenos. Acredito que naquele grande dia haverá muitas surpresas.

Mateus 25.41- 43

41- Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

42- Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

43-Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.

44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?

45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

Um comentário: